Nancy-Strubbe

um blog a fingir que é

O poeta é um fingidor. Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente. ......... Fernando Pessoa

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Portugal

quem sou? - é irrelevante neste espaço

máscaras minhas:

paper life - vida de papel

at faustwork

3/13/2006

do Alentejo depois da benção da chuva

enviadas pela Sarah e tiradas por outro amigo


amanhecer em Monsaraz




mais alentejo




em flor




e a minha saudade




cresce!



3/12/2006

hora de almoço



à sombra que o dinheiro não dá para mais

quase ninguém





pisa a calçada a pé.

3/09/2006

ALUGA.SE


o rio?

formas no céu

3/08/2006

- linda!

murmuro eu antes de me ir deitar.




e ela acorda e olha-me, como se fosse esse o nome que lhe dei.

3/04/2006

mas de que é que ela fala?

rasguei a almofada. sai caro forrá-la, brréu béu béu.

mas que raio quer dizer rasgar?!


3/02/2006

havia uma vez dois peixes e mais um.



um branco um pardo um preto e um bando de mirones. o branco era macho, morreu a lutar com o peixe-pardo, que era maior que a vontade dele.

o preto escondeu-se numa gruta e nunca mais se viu.

os mirones? foram espreitar para outro lado. como sempre.

2/28/2006

nascem flores


no meio do meu desencanto.

branco rosa

e sombras.

2/27/2006

mansardas com vista para o rio

reflexo


a última foto antes de o virús me atacar.

2/25/2006

flores de inverno

2/24/2006

e porque é carnaval



aqui vos deixo a escada do Poder.

cuidado com a gripe, pombinhos!


ainda não há sombra no triângulo de romanzeiras bravas, sobra-lhes o banho para arrefecer.

2/23/2006

Bom Dia!





2/21/2006

não deixem

que me arranquem as raízes.




deixem que elas morram

naturalmente

ao sol

2/19/2006

pelos sons e cores do temporal

cheguei à cúpula.





estava escuro demais.

2/14/2006

o meu fantasminha de estimação

segue-me para todo o lado



excepto para o trabalho. aí muda de direcção. que raiva!

hora de almoço à beira rio





poder voltar à outra margem, com a mesma idade e os mesmos sonhos...

html>